SalusLive - Logotipo   SalusLive - Viver com sade
   Início      Serviços      Terapia pela Exploração da Criatividade
 

Terapia pela Exploração da Criatividade

 

A Terapia através da arte distingue-se como método de tratamento psicoterapêutico. Origina uma relação terapêutica assente na interação entre o sujeito (criador), o objeto de arte (criação) e o terapeuta (recetor).

O crescimento pessoal bem como a expressão criativa são promovidos pela musicalidade interna, a capacidade de se mover, de dançar, de pintar, de modelar e outros atos criativos que são comuns a todos nós.

A criatividade pertence ao fenómeno humano e não só a alguns seres talentosos. O objeto de arte não interessa tanto pelo seu valor informativo, ou mesmo estético, mas sim pelo seu valor como intermediário da expressão, como condutor de elaboração e como experiência do processo criativo.

Deste modo salienta-se:

O movimento que permite manifestar os sentimentos. O corpo pode ser um veículo de experiências e vivências partilhadas com os outros e com o espaço envolvente. O uso da dança e do movimento num processo terapêutico promove a integração emocional, cognitiva, física e social do indivíduo.

A música e a sonoridade: é a utilização da música e dos seus constituintes como o ritmo, a melodia e harmonia num processo destinado a simplificar e a fomentar a comunicação, relacionamento, aprendizagem, mobilização, expressão, organização e outros objetivos terapêuticos relevantes, a fim de responder às necessidades físicas, emocionais, mentais, sociais e cognitivas. Esta terapia procura desenvolver potenciais ou restabelecer funções do indivíduo para que alcance uma melhor qualidade de vida.

Pintura: Os meios artísticos aplicados por esta terapia são todos aqueles que somos capazes de idealizar como pintar, desenhar, esculpir, fotografar, colar, modelar. Cada paciente é livre de preferir a atividade que quer explorar, de modo a possibilitar a exteriorização dos pensamentos, emoções, ideias e opiniões facilitando a comunicação, estimulando a capacidade de pensar, auxiliando no relacionamento intra e interpessoal. É importante que o paciente observe o resultado final não como uma obra de arte mas avalie a exteriorização e libertação de emoções até mesmo lembranças esquecidas.

Brincar (ludoterapia) é uma abordagem infantil que se apoia na evidência de que o brincar é um meio natural de auto-expressão da criança. Os jogos e as brincadeiras permitem que a criança liberte a frustração, os medos, as inseguranças e até mesmo a agressividade. Todo este processo terapêutico ocorre sem que a criança se aperceba que possui todos aqueles sentimentos guardados. A ludoterapia é uma influente terapia para que a criança aprenda a expressar-se.