Psicologia Clínica

Psicologia Clínica
Psicologia Clínica - SalusLive

Psicologia Clínica e da Saúde na Infância e na adolescência

    • A psicologia clínica e da saúde na infância e na adolescência é benéfica em casos de:
      • Perturbações de humor (ansiedade, depressão, isolamento);
      • Problemas de comportamento (mentira, birras, desafio das regras, oposição, …);
      • Perturbação de aprendizagem específica;
      • Incapacidade intelectual;
      • Perturbações da comunicação;
      • Perturbação do espectro do autismo;
      • Perturbação hiperatividade e/ou défice de atenção;
      • Perturbações da eliminação (enurese e encoprese);
      • Perturbações da alimentação e da ingestão;
      • Desenvolvimento da inteligência emocional;
      • Desenvolvimento das competências pessoais e sociais;
      • Promoção da saúde;
      • Aconselhamento parental;
      • Problemas relacionados com os padrões de vinculação;
      • Articulação com os diferentes contextos de vida onde a criança se encontra inserida.

 

Acompanhamento Parental

Um dos maiores desafios do ser humano é a prática da parentalidade. Por vezes difícil e complexa, absorve muito tempo e esforço. Cientes das dificuldades que os pais combatem, pretendemos ajudá-los a delinear estratégias de intervenção que facilitem a comunicação, promovendo uma melhor relação entre pais e filhos.

 

Psicologia Clínica (adultos e seniores)

    • A psicologia clínica e da saúde na idade adulta é benéfica em casos de:
      • Perturbações de humor (ansiedade, depressão, isolamento);
      • Perturbações de ansiedade (ansiedade social, fobia, …);
      • Perturbações alimentares;
      • Perturbações do sono;
      • Luto/perda;
      • Problemas pessoais e familiares;
      • Dificuldades de relacionamento;
      • Perturbações Neurocognitivas.

 

Psicologia Escolar e Educacional

A Psicologia da Educação é um ramo da Psicologia, que estuda as características psicológicas da educação, que vão desde a infância à idade adulta. Estuda os processos de aprendizagem do ser humano, concretamente ao nível psicomotor, cognitivo, emocional, social e moral, considerando a instrução e/ou ensino e o contexto de aprendizagem. Deste modo, o centra-se no auxílio ao aluno e ao seu contexto no decorrer do seu percurso escolar, contribuindo, neste sentido, para identificar e intervir nos seus interesses, aptidões e dificuldades; facilitando assim o desenvolvimento da sua identidade pessoal, bem como do seu próprio projeto de vida.

A consulta de Psicologia Educacional, para além de avaliar e intervir, deverá executar a sua ação através de funções num meio envolvente que deve considerar aquando o planeamento da sua intervenção, não dirigindo apenas a sua intervenção para o aluno como também para os pais, professores e, ainda à comunidade mais alargada e a outros profissionais que fazem parte do quotidiano do aluno.

 

Orientação Vocacional

A consulta de psicologia, mais especificamente a intervenção vocacional pretende, promover o desenvolvimento de competências e de estratégias enquanto objetivo primordial no processo de orientação vocacional. Nesta intervenção, o Psicólogo trabalha o conceito de Carreira e de Orientação Vocacional que encara o estudante como uma pessoa, com capacidade para adquirir autonomia e responsabilidade progressivas na sua vida. Os pais e encarregados de educação, e outros familiares, são considerados figuras-chave na vida dos adolescentes e que podem contribuir de modo significativo para as suas conquistas, demonstrando interesse e construindo, em conjunto, hipóteses de futuro.

No decorrer de todas as consultas/programa de grupo avaliamos e intervimos com o objetivo de desenvolver planos realistas e informados no campo escolar e profissional.

 

Intervenção Precoce

A Intervenção Precoce destina-se a todos as crianças, desde o seu nascimento até à idade escolar que apresentem risco de atraso de desenvolvimento, deficiência ou necessidades educativas especiais.

Consiste na prestação de serviços educativos, terapêuticos e sociais às crianças e respetivas famílias.

Com o objetivo de minimizar os efeitos nefastos no desenvolvimento, a Intervenção Precoce pode ter uma natureza preventiva secundária (procurando contrariar a manifestação de problemas de desenvolvimento) ou preventiva primária (prevenindo a sua ocorrência).

A intervenção precoce potencializa o desenvolvimento da criança.

 

Terapia Familiar

    • A Terapia Familiar é benéfica nas mais variadas situações em que as relações familiares sejam afetadas, incluindo situações de divórcio, conflitos familiares, problemas de saúde de um elemento que afeta a estrutura familiar, morte de um familiar e consequente luto.

 

Terapia de Casal

    • A Terapia de Casal é benéfica em casais com:
      • Dificuldades na relação;
      • Dificuldades de comunicação na relação;
      • Dificuldades de gestão de conflitos;
      • Dificuldades de gestão emocional;
      • Dificuldades ou insatisfação na vida sexual do casal;
      • Sentimentos de insatisfação com a relação;
      • Necessidade de adquirir formas de lidar da melhor forma com alterações do quotidiano (e: desemprego, crise económica, educação dos filhos, necessidade em emigrar, etc);
      • Alterações no projeto de vida (preparação para o casamento, gravidez, nascimento dos filhos, morte de um familiar que altere a relação do casal, saída dos filhos de casa – ninho vazio, etc).

 

Sexologia Clínica

A Sexologia Clínica é benéfica em casos de:

  • Disfunções sexuais (ejaculação retardada, ejaculação precoce, dificuldades em atingir o orgasmo, alterações do interesse sexual, dor sexual, etc);
  • Dificuldades sentidas em relação à orientação sexual heterossexualidade, homossexualidade; bissexualidade, pansexualidade, assexualidade, etc);
  • Identidade de género (perceção de ser homem ou mulher e sentir-se (des)confortável com o corpo que tem e com os papeis de género impostos pela sociedade);
  • Distúrbios da preferência sexual (exibicionismo, fetiches, voyerismo, etc);
  • Ansiedade do desempenho sexual;
  • Qualquer problemática que envolva a sexualidade.